Os Primeiros Veganos

Os primeiros veganos são heróis. Eles trazem em si a coragem daqueles que estão abrindo um caminho novo, entrando no meio de nevoeiros para encontrar uma Shangrilá escondida entre montanhas de neve. Assim como Colombo precisou por a cabeça a prêmio afirmando que havia um novo caminho para as Índias, o vegano investe contra tudo que aprendeu e demonstra em seu dia a dia que há sim um novo continente escondido entre nevoeiros, furacões e monstros do mar.

Assim como os primeiros a chegar no novo continente tiveram muitas dificuldades os veganos também tem. Eles tinham um pensamento na mente de um mundo novo, porém toda uma realidade pronta a ser transformada. Da mesma forma hoje estamos diante de situações contrárias e podemos tomar consciência delas. Isso nos fará mais fortes. Porque nada pior que ser pego de surpresa e ficar no meio de um tiroteio sem saber o que está acontecendo.

Dificuldades Materiais

O mundo não está pronto para o veganismo, está em adaptação. Em vista disso precisamos estar de olho dia a dia nos produtos novos que aparecem. Os principais problemas são

– Carência de Produtos veganos no Mercado.
Estávamos acostumados a comprar tudo prontinho, era só colocar no microondas! Agora é necessário buscar vegetais não processados, comprar alimentos orgânicos, etc. No mundo já existem mercados veganos em alguns países. No Brasil a oferta de restaurantes vem aumentando, então é uma questão de tempo que esta transição ocorra. Daqui 10 anos a quantidade de produtos veganos certamente multiplicará!

– Desconfiança das Listas de Ingredientes
Hoje, ainda que os produtos não contenham na sua lista de ingredientes nada de ovo ou leite, ainda assim fica sempre a dúvida. Infelizmente muitos produtos não são feitos por veganos que podem muitas vezes esquecer ou mesmo considerar que não é preciso escrever que vai “leite” em um bolo por considerar óbvio. Há muitas razões para considerarmos com cautela se a lista de ingredientes é realmente válida. Os selos de 100% vegetal já existem em alguns produtos e a tendência é aumentar

– Impossibilidade de Ser 100% vegano
Hoje o mundo possui veganos, mas não é construído por veganos, então muito do que nem imaginamos ser produtos de origem animal, podem ser ou conter. E mesmo algumas coisas que hoje não exigem mais testes em animais, por exemplo, podem ter sido necessários no passado, o que faz a longo prazo mostrar que não são 100% veganos. Cabe a nós entender que estas situações vão diminuir com o tempo porque elas foram feitas em épocas diferentes da atual e a atualização filosófica do momento demanda um novo pensamento e uma nova atitude.

Dificuldades Filosóficas

– Embates com Vegetarianos
Brigas internas entre veganos e vegetarianos são muito produtivas, mas perdem todo o seu significado quando são em excesso! Embates clássicos entre veganos e ovo-lactos podem fazer um vegano sentir-se cheio de razão e um ovo-lacto encurralado, mas não podemos entender que isso é o fim do mundo. Não será a mudança dos ovolactos por si que irá fazer toda a humanidade veganizar-se. É preciso saber a hora de criticar, a hora de dar um tempo, buscar novos caminhos e estratégias.

– Críticas da Sociedade
O vegano não somente tem diante de si um mundo desadaptado ao veganismo, mais do que isso, muitas vezes tem um mundo que desconhece sua existência e também aqueles que são contra. Então podemos ter um “carnívoro” querendo nos sacanear oferecendo algo com leite só pra ter algum prazer em ver tal cena, assim como teremos que insistir com algumas pessoas em explicações demoradas que peixe não é vegetal e fazer de pequenos diálogos extensas dissertações de mestrado. Paciência, manter o calma nessa hora é fundamental. É importante que mesmo sem que falemos muito sobre veganismo estejamos habituando as pessoas com a palavra “vegano” e que nós não temos intenção de consumir nem um “peixinho”. Esse dia-a-dia que parece ser “pouca coisa” perto de uma passeata na verdade é uma forma de protesto viva e legítima. Quando um produto vegetal sai das prateleiras do mercado, o dono logo percebe que determinado produto tem saído bastante e precisa de reposição. Nesta hora, de forma “invisível” o veganismo está se consolidando.

Dificuldades Emocionais

– Ver as desistências
Todo mundo que fica sabendo que alguém deixou de ser vegano se entristece. Mais do que isso, nessa hora ela olha para si mesma e frequentemente se questiona se irá continuar ou parar. Precisamos entender que em vista do momento atual, algumas pessoas podem deixar de ser por diversas razões, mas é preciso ser como um vesgo, um olho nos veganos e outro no veganismo. Quando sai um vegano pode parecer que o veganismo enfraqueceu. Mas isso não é verdade. Todas as notícias no globo terrestre tem mostrado o crescimento de estabelecimentos, restaurantes e produtos. Em outras palavras tem entrado mais gente que saído. E a cada ano, com a maior adaptação social ao veganismo, mais fácil fica de ser e as desistências diminuem! Por isso esteja preparado para estes momentos, não entenda como o fim do mundo uma coisa que faz parte desse processo de mudança!

Com essas reflexões, ainda que muitos outros pontos possam ser tocados, podemos ver que nós somos os construtores de uma nova sociedade. Não estamos aqui para sentar e desfrutar de um mundo pronto e terminado, mas estamos preparando o mundo para os que estão vindo. Se observarmos a história, há 2 ou 3 mil anos atrás quando o vegetarianismo se resumia às pessoas religiosas ou pequenos grupos sociais, hoje estamos num momento em que até o Bill Clinton, ex-presidente dos Estados Unidos se tornou um vegano (ainda que ele afirme comer peixe de vez em quando). Apesar destas personalidades públicas não serem a razão do nosso veganismo, elas mostram que a dimensão do veganismo superou e continua superando barreiras.

É isso

Um grande abraço vegano

Go Vegan!

Por Beto do Planeta Ideal

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: